Abertura do Congresso Diocesano da Juventude 2023

No primeiro dia (27) do Congresso Diocesano da Juventude 2023, em Autazes, iniciou-se com as atividades de acolhimento, credenciamento e oração inicial. Após estas ações, posteriormente, a abertura do Congresso foi oficializada com a encenação da passagem dos discípulos de Emaús.

 

A primeira temática trabalhada foi tema do congresso: “Juventude, Fontes de vocações” sendo conduzida de uma forma compreensível, pelo Bispo Diocesano de Borba, Dom Zenildo.

Dom Zenildo, exaltou a importância da valorização da Juventude, e também de forma mais esclarecedora a respeito das vocações, como: “Vocação Matrimonial é entre homem e mulher”.

Geralmente as pessoas fazem ou já fizeram o questionamento de, “como descobrir a minha vocação.” É muito provável que os congressistas, ainda constantemente se perguntam, pois muitos deles, ainda estão na escola.

Dessa forma, o Bispo ressaltou a importância e direcionou-os, a perguntarem, “onde Deus quer que eles atuem com suas vocações”. Ainda, aproveitou a oportunidade para citar o exemplo das irmãs missionárias atuantes na diocese, e a vocação dos leigos que sustentam a igreja.

Convidou os jovens à repetirem: “Eu sou católico e amo a minha igreja.” E, “Nossa diocese vai ser ainda mais missionária, animada e , com a presença da juventude”.

Dom Zenildo, finalizou com a apresentação das três Centralidades do terceiro Ano vocacional:

1. Escutar – Escutar outro, ouvir da igreja, criticar positivo.

2. Discernir – sem escutar não há discernimento. E o Espírito Santo ajudará nesse processo. Pedir ao Espírito Santo quando as dúvidas surgirem .

3. Decidir – Em algum dia será necessário decidir, pois é impossível ficar pra sempre sem tomar importantes.

Sua vocação é onde você serve com alegria.

 

A noite depois jantar, os jovens de comunidades ribeirinhas e de Borba apresentaram teatros, danças tradicionais etc. concluímos a primeira noite com momento louvor e oração final.

 

 

Compartilhe:

Posts Relacionados

Nos Envia uma Notícia