Inicia o Congresso Teológico Internacional de Pastoral Urbana da PUCRS e CNBB com a participação de Dom Leonardo Steiner

Organizado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, em parceria com a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) acontece, de 4 a 6 de março de 2024, o Congresso Teológico Internacional de Pastoral Urbana. Entre os conferencistas, além de diversos teólogos e bispos brasileiros, destaca a presença de dois cardeais, o cardeal José Tolentino de Mendonça, prefeito do Dicastério para a Cultura e a Educação, que receberá o doutorado Honoris Causa, e o cardeal Leonardo Ulrich Steiner, arcebispo de Manaus.

Segundo informam os organizadores, o Congresso pretende promover um espaço de reflexão interdisciplinar em torno da realidade urbana contemporânea em vista de qualificar a reflexão teológica e a ação pastoral da Igreja na atualidade. Ao mesmo tempo, estamos diante de mais uma oportunidade para que a Igreja do Brasil possa refletir sobre os desafios da evangelização da vida urbana, na mentalidade urbana, para chegar a todas as periferias existenciais e geográficas.

O Congresso é realizado no contexto dos 60 anos de promulgação da Constituição Dogmática do Concílio Vaticano II, sobre a Igreja, Lumen Gentium, dos 11 anos de pontificado do Papa Francisco e do processo sinodal vivido pelas comunidades eclesiais. Nesse contexto, pretende-se promover um espaço de reflexão interdisciplinar em torno de questões relevantes acerca da realidade urbana contemporânea, a fim de contribuir para uma resposta atualizada da Teologia e da Pastoral aos desafios emergentes do contexto urbano hodierno, em vista de qualificar a reflexão e a ação de seus agentes, bem como atender às demandas da Evangelização na atualidade, em preparação para o Jubileu da Esperança, em 2025.

O Congresso será aberto por Dom Jaime Spengler, arcebispo de Porto Alegre, Chanceler da PUCRS e Presidente da CNBB e do CELAM, e terá como ponto de partida a reflexão sobre “A ação pastoral da Igreja nas grandes cidades”, sendo o primeiro conferencista Dom Joel Portella Amado, presidente da Comissão para a Doutrina da Fé da CNBB e bispo diocesano de Petrópolis – RJ. Posteriormente os participantes poderão refletir sobre “Os desafios da cultura digital para a Igreja no contexto urbano”, com a assessoria de Alzirinha Rocha de Souza, professora da PUC-Minas e ITESP, e sobre “Hospitalidade e cultura do encontro no contexto urbano”, conferência proferida por Luiz Carlos Susin, professor da PUCRS e ESTEF.

“A cidade no Magistério Pastoral do Papa Francisco”, será ponto de partida das reflexões no segundo dia do Congresso, com a assessoria de Dom Antônio Luiz Catelan Ferreira, membro da Comissão Teológica Internacional e bispo auxiliar da Arquidiocese do Rio de Janeiro. Uma reflexão que terá continuidade com a conferência de Dom João Justino de Medeiros Silva, primeiro Vice-Presidente da CNBB e Arcebispo da Arquidiocese de Goiânia, que dissertará sobre “Linhas de Ação do Papa Francisco para a cidade”. Centrando a reflexão no contexto amazônico, o cardeal Leonardo Steiner, arcebispo de Manaus, a maior cidade da Amazônia, irá falar sobre “os desafios da evangelização no contexto urbano da Amazônia”.

As conferências desse segundo dia terão continuidade com a reflexão de Dom Leomar Antônio Brustolin, presidente da Comissão para a Animação Bíblico-Catequética da CNBB e arcebispo da Arquidiocese de Santa Maria, sobre “Perspectivas para a Iniciação à Vida Cristã no contexto urbano”. Finalmente, o Cardeal José Tolentino de Mendonça, depois de receber o Doutorado Honoris Causa da PUCRS, falará sobre “Desafios da cultura urbana para a evangelização hoje”.

O último dia do Congresso iniciará com a conferência do teólogo argentino Carlos María Galli, com o tema “Por uma Igreja toda sinodal no contexto urbano”, e a conferência sobre “Perspectivas teológicas e pastorais para a edificação de comunidades sinodais no contexto urbano”, com a assessoria de Francisco de Aquino Junior, professor da UNICAP. No final do Congresso será realizada uma reunião dos cardeais, arcebispos e bispos das grandes metrópoles brasileiras.

Credito: Luis Miguel Modino, assessor de comunicação CNBB Norte1

Compartilhe:

Posts Relacionados

Nos Envia uma Notícia