VISITA PASTORAL DO BISPO NA PAROQUIA SAO JOSÉ – Vila do Novo Céu- Autazes/AM

1º DIA DE VISITA – 23.02.2024

No dia 23 de fevereiro de 2024, às 14h30min, iniciou-se na Paróquia de São José – Vila do Novo Céu, município de Autazes, a Visita Pastoral do bispo diocesano Dom Zenildo Luiz Pereira, CSsR. Como cumprimento da primeira etapa dessa visita e seguindo a programação previamente estabelecida, o bispo reuniu com os padres Redentoristas: Pe. Francisco Sebastião Nazaré de Andrade – Pároco da Paróquia São José e Pe. Denilson Gomes da Silva, vigário paroquial. Esteve presente também acompanhando a visita o vigário Forâneo e Diácono Permanente José Raimundo Cruz Grana.

Dom Zenildo iniciou a conversa falando dos desafios da sinodalidade na nossa igreja atualmente, da necessidade do diálogo entre todas as instâncias da nossa igreja e da organização. Em seguida, Pe. Francisco relatou a atual realidade da Paróquia, os grandes desafios pastoral/missionário, da geografia complexa da região, as dificuldades na locomoção, organização das comunidades, catequese, dízimo, coordenações das lideranças e, complementado pelo Pe. Denilson que também expôs suas dificuldades, desafios e superações como vigário da paróquia. Na ocasião, tratou-se também de assuntos de ordem econômica relacionada a Cúria on-line no qual o bispo falou da necessidade de adequar-se ao sistema de contabilidade da Diocese. Com as considerações finais de cada um dos participantes, o bispo agradeceu o empenho na missão a frente da paróquia e os padres que agradeceram a presença e o apoio do bispo e assim, a reunião foi encerrada às 17h10min.

Às 18h começou a reunião com a comunidade Matriz da Paróquia São José, onde Dom Zenildo expôs aos presentes a necessidade da visita, os fundamentos, o objetivo e entre eles o fundamento da fé. Destacou a realidade da visita com: “o tempo de graça” para toda a Diocese e, ao mesmo tempo, a retomada do processo de escuta e do diálogo necessários para a caminhada como igreja. No momento, foi muito expressiva a participação de todos na reunião, colocaram as dificuldades de ainda não conseguirem caminhar como paróquia, motivação e os desafios para organizar-se e caminhar como paróquia, buscando luzes para ser uma igreja de fato em saída. O bispo e o pároco apresentaram sugestões, dentre elas, a celebração nas casas das pessoas com dificuldade para ir à igreja, a escola de violão e canto como forma de preparar melhor as celebrações e oferecer oportunidade de inserção na comunidade. A reunião foi encerrada com oração e benção do bispo, seguida de um lanche partilhado oferecido pela comunidade às 19h30min.

2º DIA DE VISITA – 24.02.2024 (MANHÃ)

Dia 24 de fevereiro de 2024, conforme a organização da Paróquia, o segundo dia de visita iniciou-se com a celebração da Santa Missa nas comunidades ribeirinhas: Comunidade Nossa Senhora da Conceição na localidade indígena Apipica e Santo Antônio no Murutinga às 8h30min. Após a missa foi servido um café partilhado pelas comunidades e às 10h iniciou a reunião com as representações das comunidades. Dom Zenildo após acolher a todos, explicou a importância da visita e destacou a preservação dos valores da família como elemento de fundamental importância, na prática da comunidade. Também destacou a necessidade de priorizar a catequese como principal elemento de formação na igreja. Falou da ligação entre liturgia e catequese para a preparação de uma boa celebração.

As comunidades também se manifestaram sobre as necessidades básicas na organização das celebrações como: subsídios litúrgicos. Também destacaram a disponibilidade das pessoas que se deslocam de lugares distantes para estarem presentes nas celebrações. Às 11h30min foi encerrada a reunião com oração e benção do bispo seguido de um almoço partilhado e o retorno para a sede da Paróquia São José.

2º DIA DE VISITA – TARDE

Às 15h iniciou a visita Pastoral de Dom Zenildo com as comunidades do setor 2: São João Batista – km53, estrada AM 254, localidade de Monte Sinai. Seguindo a programação, foi feita a acolhida do pároco da Paróquia São José, Pe. Francisco com o vigário Pe. Denilson. Pe. Francisco acolheu e agradeceu a todos os participantes e ao bispo e depois passou a palavra a Dom Zenildo que também agradeceu a presença das comunidades Nossa Senhora da Conceição – km 72, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, São Pedro, Santa Maria – Rio Mutuca, São José – Rio Mutuca, São José Operário – Cajuçara e São Francisco, esclarecendo a todos a necessidade e os objetivos da visita. Foi reafirmado a necessidade de a paróquia primar sempre pelo caminho sinodal. Como nas outras visitas, a dinâmica da reunião também abriu espaço para a escuta das lideranças que fizeram suas observações, pautando sempre sobre o critério avaliativo: o que foi feito, o que deu certo e o que ainda não foi possível realizar. Importante destacar a perseverança das lideranças nas celebrações nas suas comunidades que visitam as casas em caráter missionário, articulando a participação nos eventos da paróquia apesar das dificuldades. Notável a partilha de todos os representantes das comunidades.

 Entre os grandes desafios encontrados no relato das nossas lideranças destacamos o crescimento da igreja evangélicas em todas as localidades e paralelo a isso, a falta de compromisso de muitos católicos, somando também a difícil logística na geografia da paróquia. A reunião foi concluída às 17h, logo iniciou-se a Santa Missa e depois foi servido um lanche partilhado pelas comunidades.

 

3º DIA DE VISITA – 25.02.2024

O terceiro e último dia da Visita Pastoral, aconteceu na comunidade ribeirinha São Judas Tadeu, na localidade Iauassú, com início às 9h com a Santa Missa por Dom Zenildo e concelebrada pelos padres redentoristas: Pe. Francisco Andrade e Pe. Denilson Gomes e participação do Diácono José Raimundo Grana. Após a missa foi servido um café da manhã partilhado pela comunidade.

Às 11h iniciou-se a reunião da comunidade com o bispo, onde o pároco Pe. Francisco Andrade acolheu a todos com palavras de estímulo, fortalecendo as lideranças a perseverar na missão e incentivando a participação de todos na reunião. Dom Zenildo explicou o sentido e a necessidade de sua visita, ressaltando sobretudo a alegria de como pastor da igreja particular de Borba poder encontrar-se com seu povo, o rebanho a ele confiado. Orientou a comunidade sobre o cuidado com a relação com as igrejas evangélicas presentes em todas as partes da localidade, principalmente aquelas que não respeitam a liberdade credo, orientando a todos a serem moderados, não entrar em discussão e a serem firmes na fé. Também foram feitas orientações sobre a organização e o empenho na catequese, direcionando sempre para a interação entre catequese e liturgia e com envolvimento de todos: crianças, jovens e adultos, recomendou a nunca deixar a igreja fechada aos domingos.

A comunidade através das lideranças expressou suas dificuldades, desafios como igreja, destaque para o fato de ser influenciada pelo fenômeno da cheia e vazante – na seca muitas pessoas precisam migrar para lugares de maior facilidade ao acesso e, com isso dificulta e interrompe a visita dos padres a comunidade. Foi importante a partilha da comunidade que se organizou elaborando um projeto de catequese voltado para a formação bíblica dos catequisandos. Dom Zenildo encerrou a reunião com oração e benção, e em seguida teve o almoço – às 12h30min, logo depois o retorno para a sede da paróquia na Vila Novo Céu.

Às 16h, Dom Zenildo juntamente com Pe. Francisco Andrade, Pe. Denilson Gomes e o Diácono José Raimundo Grana visitaram a casa de duas famílias na sede da Paróquia São José – Vila do Novo Céu, não sendo possível continuar devido à forte chuva no final da tarde.

A noite, às 19h, aconteceu o encerramento da visita com a Santa Missa na igreja matriz, onde estiveram presentes algumas representações do Setor 2 -área da estrada. Após a missa foi servido um lanche partilhado pela comunidade, momento de confraternização entre os participantes. Desta forma, conclui-se as atividades programadas para a visita do bispo da Diocese de Borba, Dom Zenildo Luiz Pereira – CSsR realizada na Paróquia de São José.

Vila do Novo Céu – Autazes/AM, 25 de fevereiro de 2024

Credito: Paróquia São Jose/ Vila do Novo Céu

Compartilhe:

Posts Relacionados

Nos Envia uma Notícia